22 a 24 de novembro de 2017. UFPA – Belém / PA.

Apresentação

    O Seminário Regional de Geossociolinguística (SERGEL) é um evento organizado pelo grupo de pesquisa do Projeto Geossociolinguística e Socioterminologia – GeoLinTerm(Portaria 088/2014) –, projeto que está vinculado ao Instituto de Letras e Comunicação (ILC) da Universidade Federal do Pará (UFPA). O SERGEL se configura como um evento de caráter regional, mas com importante contribuição de participantes de várias regiões do Brasil e até do exterior. Seu objetivo principal é integrar pesquisa, ensino e extensão, aproximando a graduação e a pós-graduação no Curso de Letras, a fim de contribuir para a ciência e a educação na região amazônica.

    Desde a primeira edição em 2009, o SERGEL conta com o apoio do Programa de Pós-Graduação em Letras (PPGL), do ILC e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPESP) da UFPA. Na última edição, em 2015, decidiu-se que o evento passaria a ser bianual, ao invés de anual, haja vista que os organizadores do SERGEL também são responsáveis pela organização do Congresso Internacional de Dialetologia e Sociolinguística (CIDS), o que demanda muito trabalho e dedicação e inviabiliza a realização dos dois eventos num mesmo ano.

   A cada edição, o SERGEL apresenta uma nova temática, sempre procurando abranger a pesquisa, o ensino e a extensão. Na edição mais recente, em 2015, o Evento abordou a temática “Pesquisa variacionista, educação e informática: ampliando as fronteiras da formação em Letras na Amazônia”. A escolha dessa temática teve como foco promover um fórum ampliado de discussão e divulgação de pesquisas sobre a diversidade linguística e o ensino de língua, pondo em evidência a necessidade de domínio, pelos professores e profissionais da área de letras, de ferramentas computacionais que possibilitem uma melhor atuação desses profissionais, seja na pesquisa, seja em sala de aula. Durante os três dias de evento (de 28 a 30/10/2015), houve 5 conferências, 70 comunicações individuais, 6 minicursos, 45 pôsteres, além de reuniões de trabalho de grupos de pesquisa e lançamento de livros com sessão de autógrafos de Marcos Bagno e Suzana Cardoso, ambos palestrantes convidado do Evento. Além disso, o evento apresentou produções bibliográficas de: Caderno de resumo dos trabalhos; Anais com publicação de artigos completos; e um livro, com os principais trabalhos do evento, que será lançado pela editora Pontes no mês de maio próximo.

    Nesta sétima edição, o evento tem como temática “Variação e Diversidade Linguística: as novas tendências dos estudos variacionistas”. A escolha dessa temática tem como foco, dentre outros, reavaliar as bases teóricas e metodológicas das pesquisas em variação linguística, refletindo sobre as novas tendências dos estudos neste campo da linguística.

    Portanto, o escopo do evento abriga trabalhos das áreas de Letras, Educação e afins, relacionados a pesquisa, a ensino e a novas tecnologias, utilizadas ou utilizáveis para a melhoria da atuação dos profissionais dessas áreas.

   Nesse sentido, serão bem vindas contribuições de professores-pesquisadores, professores da educação básica e superior, estudantes de graduação e de pós-graduação, gestores e técnicos educacionais, profissionais de atividades afins.

   O VII SERGEL contará com a realização de palestras, mesas-redondas, minicursos, comunicações e pôsteres.

Deixe uma resposta

Contagem regressiva para o início do evento